Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 3, 2012

O Mundo Cinza

Céu cinzento, com nuvens escuras e raios cinzentos de um sol triste. Dias coloridos apenas em diferentes escalas de branco e preto, e até o vento que ressoa pelas ruas trás grãos de poeira cinza. A noite chega cinza suave e vai embora negro profundo. O dia chega cinza frio e vai embora cinza chumbo.
Música cinza, pinturas cinzas, palavras cinzas como cinzas de cigarro; meu único companheiro de tantas noitadas infelizes. Vida escura e amarga como borra de café, que tomo todos os dias na esperança de ainda ver algo mudar.
E mudou. Alguém coloriu as casas da esquina e as florezinhas do meu jardim morto. Com lápis de cor, um desconhecido cobriu os banquinhos de tinta azul e as árvores de verde e as cercas de rosinha. E antes que eu pudesse reclamar, pintou um sorriso amarelo na minha cara. Sorriso dorido...
Era uma estrela, passando rápida pela alameda. Espantou os grãos escuros e trouxe grãos de poeira colorida, como se um arco íris tivesse se desfeito e deixado para trás pó de todas as …