Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 7, 2012

Memórias de Apartamento

Pelo que ouvi na reunião de condomínio, eu era "aquela moça branquinha do 502". Pobre gentio, mal sabem o monstro mal humorado que abrigam. Vim escrever minhas historinhas para que, quando velha, eu possa relê-las e sentir esse mesmo arroubo de amor que sinto agora.
Me mudei pra cá assim que me formei e consegui um bom emprego numa agência publicitária, enlouquecida atrás da paz de viver sozinha. Trabalhava em horários bizarros e sentia um estranho prazer em entrar e sair de casa de madrugada. O apartamento era pequeno, mas eu e Noodles - meu gato - nos sentíamos muito bem ali. Bem demais pra falar a verdade.
Meu único problema era com o domingo de folga, quando só me restava deitar de barriga pra cima no corredor entre o quarto e a sala, acender um cigarro e assistir a fumaça espiralar em direção ao teto. Não era solidão... Era tédio.
Foi então que, em uma tarde de quinta feira, enquanto eu dormia no sofá, alguém bateu suavemente na porta. Algo me fez despertar bruscamente …