Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 10, 2009

Longo Setembro

Aos 13 anos entrei para o seminário, pois me tornar padre era meu sonho. O sacerdócio me inspirava as mais belas e fortes emoções, queria entregar meu coração, alma, mente e corpo para O Senhor. Estudava cuidadosamente os salmos todos os dias, e qualquer pecado que surgisse em minha mente era afastado e punido com orações.
Com o tempo devido, tornei-me padre e fui viver em uma pequena cidadezinha do meio rural, onde havia apenas um pequeno vilarejo e muita, muita poeira. Todos os domingos eu rezava a missa para todos os que moravam por ali, e entre eles destacava-se uma criança de rara beleza. Era uma menina de no máximo 10 anos, longos cachos de platina e ouro escorrendo-lhe pela cabecinha, os olhos do azul mais puro e pálido.
E era possuidora de tal pureza e tal aura de bondade, aquela criança, que não era difícil afeiçoar-se aos seus gestos graciosos. Vinha visitar-me com uma cestinha com flores todos os dias, e ria-se de meu encabulamento em ter seus bracinhos roliços envolvendo meu…