Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 28, 2009

Ferro e Ímã

Sempre fui uma rocha sólida, indobrável, nunca cedendo a nenhuma pressão. Meu modo de ver as coisas sempre foi o mesmo, e nenhum fator externo me mudaria a cabeça dura, minha direção seria a mesma, sempre. Sim, eu sempre fui de ferro.
De certo modo, sempre fui muito sozinha. É claro que eu tinha meus amigos, mas, no meu interior tão duro quanto meu exterior, sempre senti um estranho vazio. Algo faltava ali, mas, de alguma forma, eu nunca descobrira o que me faltava.
Até você aparecer.
Como uma estrela da alvorada, todo sorrisos, quase um completo oposto de mim. Eu não te conhecia, mas, de algum modo, algo me impelia, contra ou a favor de minha vontade, a você. É claro que fiquei com medo, mas o que eu poderia fazer? Seu brilho sempre foi forte demais, e eu, uma pobre criatura tão cinzenta e deprimida, mesmo que a temesse, era atraída pela luz. Por que você, logo você, tinha de ser meu ímã?
Desde o começo eu percebi que éramos mesmo opostos. Meu interior duro, que jamais deixou sequer uma …